28.4.11

Um vazio do tamanho de Deus

Uma das frases que mais gosto é do grande filósofo russo Fiodor Dostoievski "todo homem tem um vazio no peito exatamente do tamanho de Deus". Todo homem procura Deus até porque a bíblia fala em Romanos que por Ele, pra Ele e por meio dEle são todas as coisas. É simples, todos nós necessitamos de Deus independente se somos ricos, pobres, gordo, magro, bonito, feio, religioso ou ateu... ateu.. como assim?? Isso mesmo até ateu sente falta de Deus. E um local que podemos ver isso nitidamente é nas artes. Deus nos fez dotados de dons e talentos, que junto a essa "saudade do céu" faz surgir lindas poesias. Um exemplo que acho excelente é Renato Russo, a vida dele não foi santa, muito menos cristã, era homossexual e viciado em alcool, um péssimo exemplo para as criancinhas. Mas, por outro lado era genial, sincero e externava as dores que todos sentimos de maneira brilhante. Um grande história é que no processo de criação do segundo disco, ele tenta suicídio e compõe uma de suas melhores músicas.. "Eu quis o perigo e até sangrei sozinho entenda, assim pude trazer você de volta pra mim, quando descobri que é sempre só você que me entende do início ao fim e é só vc que tem a cura do meu vício de insistir nessa saudade que eu sinto de tudo que eu ainda não vi..." O que ele quis dizer com isso? Ele sentia falta de Deus. Outra música conhecida é metal contra as nuvens. "Quase acreditei na tua promessa e o que vejo é fome e destruição... e por honra se existir verdade, existe e o tolo e existe o ladrão e há quem se alimente do que é roubo, mas vou guardar o meu tesouro...." Essa foi composta quando ele já sabia que tinha Aids. Tem várias outras músicas como Monte Castelo, Perfeição, Do Espírito, mas quero destacar a Via Láctea música do último CD a tempestade. Toda letra é marcante e bela, conta a história dele no hospital próximo a morte, e pra conversamos pego apenas uma frase "Quando tudo esta perdido não quero mais ser quem eu sou" Um cara que viveu como ele, com sua personalidade forte, falar que não quer mais ser quem é, é muito difícil, se despiu de todo orgulho, de todas suas convicções. mas na mesma música diz "Sempre existe uma luz". Não sei se ele encontrou essa luz, mas num album póstumo foi gravada essa música "Por isso lhe peço por favor. Pense em mim, ore por mim. E me diga: - Este lugar distante está dentro de você. E me diga que nossa vida é luz Me fale do Sagrado Coração Porque eu preciso de ajuda."

12.4.11

EU TENHO A FORÇAAAAAA


A Bíblia está repleta de passagens em que Deus manda confiar nEle. Acalmar o coração. Deus manda esperar, ter paciência.
Paulo fala algo muito interessante. Ele começa a falar da vida dele e de quantas crises ele tem passado.
Agora cá entre nós, não precisa falar alto não. Você tem crise? Você já passou por alguma crise? Lembre-se bem por que todos nós em algum momento nos depararemos com uma crise. Crise no relacionamento conjugal, crise financeira, crise de idade, crise de doença e por aí vai. Podemos tentar nos esconder, podemos tentar evitar, mas em algum momento nos depararemos com a crise. Não importa quem somos ou o que temos. O que diferencia é a forma como passaremos pela crise. Paulo diz em 2 Coríntios 12:10:

“Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte. “

Nossa fraqueza nunca foi problema para Deus. Qualquer problema é pequeno diante do Senhor. Ele é Todo Poderoso. Mas muitas vezes queremos passar pelo problema sozinhos. O problema para Deus é a nossa força. Pensamos que somos fortes demais e não entregamos nossa vida a Deus.
Deus diz que o poder dEle se aperfeiçoa na fraqueza. É aí que Ele vai mostrar a diferença. Por isso Paulo diz que quando está fraco, então é que está forte, porque quando ele estava fraco então Deus mostraria a grandeza de seu poder.
Que possamos confiar em Deus. Que possamos diminuir e esperar em Deus. Ele é fiel e disse que estará conosco até a consumação dos séculos.
Além de ser Deus Ele é nosso Pai, e é Ele que nos chama de filhos. Ele nos amou, mesmo nós ainda estando distante dEle.

29.3.11

Para o novo mundo, o velho evangelho

Vivemos em tempos diferentes, quer ver? Lembra de quando éramos crianças? Não tinha internet (só eu que to velho?), o mundo era mais lento, os dias maiores, a violência era bem menor, as dúvidas também, acreditávamos piamente em tudo que falavam.
Hoje, com agilidade da informação o mundo se tornou mais crítico. E levando isso para o meio cristão vimos a formação de novas igrejas, novos pensamentos, a igreja emergente, a renovação carismática (sei que é católico, mas também é enquadrado como cristão), o surgimento das igrejas neo-pentecostais. O que acontece é que tendo muitas linhas de pensamento não temos mais aquela imposição teológica que surgiu desde os tempos de constantino. O mundo hoje é muito pensante, extremamente crítico, e a questão é como levar o evangelho pra alguém que não acredita na bíblia, muito menos em Deus? Imagine evangelizar um ateu falando que a Bíblia diz que ele tem que crer?? Ei eu nem acredito em Deus como vou acreditar na Bíblia? Ou então os telepastores falando que as desgraças no Japão, Haiti (um detalhe é que ninguém fala do Chile 89,9% de cristãos) é porque Deus tá castigando e você tem que se voltar pra Deus, por.. . bem... medo??? Tipo uma chantagem, ou volte pra Deus ou será seu fim MUAMUAMUA (Risada maligna do esqueleto do HEMAM). Será que esse evangelho encanta um geração que a cada dia consegue ir mais longe, com tecnologia, e por tanto questionar? Ou melhor será que esse é o evangelho de Cristo? Minha sugestão para essa nova geração e esse novo mundo é o velho evangelho.
E quando digo velho, quero dizer velho mesmo, aquele do tempo de Jesus, que não chama ninguém por medo, pelo contrário, chama por amor e ainda diz que esse verdadeiro amor lança fora todo medo. Não quero aqui falar pra não usar a Bíblia até porque acredito que ela é a verdadeira Palavra de Deus, mas ao invés de convencer os outros da nossa verdade que tal vivê-la? Isso mesmo o velho evangelho não começa mudando os outros, mas começa nos mudando. Vejo nas igrejas guerras e brigas em nome de Deus (Jihad gospel?), como se minha opinião fosse a unica certa (é incrível como somos tão corretos né), sabe, sou completamente a favor da discussão teológica, mas assim que ela acaba, vamos sentar e tomar um bom vinho juntos, rindo, como irmãos e aí num é bom?? O velho evangelho nos manda viver como Cristo, nos negando, e principalmente nos amando. O amor é a única forma de levar o real evangelho pra pessoas que nem se quer acreditam na existência de Deus, o amor quebra barreiras e nos faz enxergar Aquele que em sua palavra diz que é amor (se Deus é amor, logo um cristão desamoroso não conhece Deus).
Voltemos ao evangelho puro, aquele que muda primeiro a nós, aquele que nos faz ser melhor para o próximo. Ao invés de falar de um deus (em minúsculo) que tem prazer na morte do ímpio, ore pelos que sofrem, choremos com os que choram, e nosso evangelho ultrapassará barreiras.

Na paz,


15.3.11

Apenas árvores nas mãos do agricultor 2




Lembro de uma música antiga que dizia para não termos sobre nós nenhuma preocupação, pois uma só preocupação seria muita para nós.
Nossa! Que Maravilha! Deus é demais. Ele quer ter todo o cuidado sobre nossa vida. O cuidado dele é muito grande. Ele nos ama tanto, a ponto de ter sacrificado Seu Filho Amado para que nós possamos ter uma vida com ele.

Gosto de contar uma história sobre algo que aconteceu comigo. Estarei comparando nós às árvores.E comparando o Senhor ao grande Agricultor, que cuida de nós, e nos ama.

__________________________________________________________________

Recentemente viajei para o interior do Ceará. Lembrei da época em que eu morava no interior. Para quem não sabe eu morei um tempo em Quixeré-Ce. Gostei muito, acho que a época que passei lá foi a época que me impulsionou na formação do meu caráter e até também da minha personalidade.
Mas vamos ao caso.
Eu tinha uns 10 anos de idade quando comecei a “trabalhar na roça”. Não era um trabalho muito forçado, mas eu acordava cedinho, colhia algumas frutas (Goiaba, Limão, Mamão) e ia vender para um comerciante na rodoviária. Às vezes ganhava R$1,00, às vezes R$2,00. Voltava pra casa aguava as plantas , assistia OS TRAPALHÕES, almoçava e ia pro colégio.
Naquele cotidiano tão tranqüilo, um dia eu quis plantar um Cajueiro.
Preparei a terra, plantei a castanha em frente a casa e cuidei. Cuidei durante muito tempo. Já estava fazendo planos de construir minha casa na árvore. Estava planejando armar minha rede e tirar um cochilo.
Um dia apareceu algo extraordinário, como por mágica, um dia eu vi meu Cajueiro começar a crescer, já estava quase com um palmo. Que surpreendente!
Com o tempo começou a aparecer mato próximo do meu cajueiro, mas eu ia lá e arrancava. Meu pai dava adubo para colocar nos pés de banana, eu ia lá e pegava um pouco para colocar no meu Cajueiro.
Estava muito empolgado. Não sei se foi a inocência da infância ou o tempo que dediquei ao meu cajueiro (Relembrando Pequeno Príncipe), mas terminei por me apegar demais ao cajueiro.

Passou um tempo e tivemos que voltar para Fortaleza, se tratando de estudos e perspectiva de crescimento, a Capital oferecia mais oportunidades.

Passou cerca de um mês e meu pai contratou um homem para ficar cuidando do sítio, mas deixei logo avisado, - Quero cuidado especial para o meu cajueiro!
Alguns meses depois, nas férias de Julho, fomos visitar o sítio. Estava tão entusiasmado, talvez meu cajueiro estivesse da minha altura.
Quando chegamos na frente da casa, quando eu olhei para o meu cajueiro... ele não estava lá. Meu cajueiro já não estava lá. Chorei tanto, fiquei arrasado. Essa é uma das grandes dores da minha vida. Como poderia tamanha crueldade. Só tinha um buraco, como se uma inchada tivesse removido meu cajueiro com apenas um golpe. Quando questionei do porquê, ele apenas disse que o cajueiro é uma árvore de grande porte e que poderia comprometer a estrutura da casa. MAS ENTÃO POR QUE NÃO REPLANTOU EM OUTRO LUGAR?? Nossa!! Quanta dor.
Quando voltamos para Fortaleza, aquilo ainda estava na minha mente.
Uma vez fui dormir e comecei a olhar o céu, me ajoelhei e fui orar a Deus. Na oração eu pedi que o Senhor replantasse e cuidasse do meu Cajueiro. Que Ele tivesse todo o cuidado com ele. Que Ele amasse meu cajueiro.
Creio que o Senhor ouviu minha oração e que Ele é Perfeito.
Gente, eu creio que quando eu for me encontrar com meu Criador, creio que o nosso cajueiro (Meu e do Senhor) estará plantado no céu e estará bem grande e dando muitos frutos e muita sombra para eu e meus irmãos.
__________________________________________________________________

Agora me diz uma coisa, alguém aqui acha que Eu tenho mais amor ao meu cajueiro do que o Senhor por nós? Alguém acha que Eu cuidei mais do meu Cajueiro do que o Senhor de nós. Alguém aqui acha que Eu tenho mais interesse de ver meu cajueiro no céu do que o Senhor a nós?

Que possamos nos lembrar que Ele pagou um preço altíssimo, preço de sangue, para que nós um dia pudéssemos conviver com Ele. Junto com Ele no céu.
Que possamos nos lembrar que Ele fez e faz questão de nós. Talvez ninguém se importe com você, mas Ele sim se importa.
Talvez você pense que você é apenas um, em meio a tantos e se pergunte; o que me faz especial? Saiba que Ele te ama de Graça. E pela Graça somos salvos, somos livres e temos um passaporte carimbado para nova vida junto ao Rei dos Reis.

Que a Graça, o Amor, a misericórdia e Paz de Jesus Cristo, nosso Senhor, repouse sobre nós, nossos ombros, nossas mentes e corações.

3.3.11

Como Árvores nas mãos do Agricultor


No final de 2009 ganhei uma árvore de presente, um Flamboyant. Quando a ganhei ela tinha mais ou menos 1,5m de altura. Ainda era pequena. Pesquisei na internet e vi que era uma árvore muito bonita e crescia muito (Foto acima.
Lembro que eu estava morando em uma casa alugada e eu não poderia plantá-la no terreno, então comprei um jarro e comecei a cuidar da árvore no quintal. Todos os dias o flamboyant era aguado, mas não crescia.
Em maio de 2010 eu me mudei e plantei o Flamboyant em uma área verde próximo de onde eu estava morando. Felizmente ele já cresceu bastante e está muito verde.
Logo depois eu comecei a cuidar de 2 pés de ninho. Pé de ninho é uma árvore muito bonita e um pouco complicada de cuidar. Quando ela é pequena, seu caule é muito frágil e fica torto com facilidade. Então, para que ela tenha um crescimento para o alto e reto você deve amarrar um pedaço de madeira junto ao caule para que ele não venha a entortar à medida que vai crescendo. Assim o fiz.
Alguns meses depois notei que apenas um dos 2 pés de ninho havia crescido. O outro não cresceu nada. Perguntei à algumas pessoas e alguns disseram que era genética mesmo. Eu não me conformava, pois eu estava fazendo a minha parte, eu estava aguando, estava deixando-os retos, adubando. A minha parte eu estava fazendo e dos dois, apenas um estava crescendo de forma saudável.
Um dia, quando eu estava de folga em casa, notei que havia uma outra árvore vizinho ao pé de ninho que não estava crescendo, que estava fazendo sombra para ele. Assim, no melhor horário para tomar sol, meu pé de ninho estava sendo impedido disso.

Gente, que coisa interessante.

Se quisermos fazer uma analogia poderemos notar o quanto nossa vida se parece com a natureza.
Às vezes não conseguimos crescer porque estamos em algum local que nos limita, e embora tenhamos tudo a nosso favor, o local não favorece. E dependendo de como crescemos, nosso futuro pode ser lindo, brilhante.
Outras vezes nosso Criador nos corrige e faz sua parte para que, quando pequenos, não mudemos nosso curso. Não fiquemos tortos.
Às vezes estamos nos protegendo, não nos expomos ao "sol" e terminamos por não crescendo. Temos todo o cuidado do nosso Criador, mas algo nos impede. Às vezes não queremos nos afastar da sensação de proteção e conforto que nós mesmos criamos.
Temos que nos tornar com um bambu, que finca bem suas raízes, se prende ao máximo e então começa a crescer. Após um tempo ele começa a se encurvar, assim, quanto mais cresce, mais próximo do chão ele fica. Temos que deixar a altivez de lado.
Se não tomarmos cuidado chegará ao final do curso da nossa vida sem crescimento e sem frutos.


Deveríamos temer simular padrões de crescimento. Temos que nos entregar nas mãos do nosso Criador, Se não for assim, nos tornaremos BONSAI (Foto acima), e ficaremos nas mãos dos homens e seremos sempre destinados a vivermos com uma miniatura de árvores lindas e grandes, que é exatamente o que somos, mas não crescemos como tal.

Que possamos nos entregar e buscar o crescimento na graça e no conhecimento, e que Deus em Cristo nos abençoe Be-Bem abençoados.

7.2.11

Apenas uma canção

A Ti, meu Senhor me entrego em louvor
Aos teus braços me achego e sinto teu amor
Toco-te as mãos feridas e posso acreditar
Que todo sofrimento foi só por me amar

Por mim se entregou
mesmo ainda sendo um pecador
A grande prova de amor
sofreu, morreu numa cruz
Meu Deus, meu Senhor

E com toda minha força, minha alma, meu amor
Agradeço ao Deus bendito o meu Redentor
Que morreu por minhas dívidas, meus pecados tomou
Sofreu a minha morte, venceu, ressucitou!

Obrigado Senhor, pois tudo tudo sofreu
por amar o pecador.

19.1.11

Estamos no caminho certo??

Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis. Jo 13:34


Ultimamente temos visto muitas tragédias, umas provocadas pela chuva, outras pelo descaso, algumas pela falta de amor, outra por um "amor" doentio. E no meio da tristeza fico a pensar será que estamos no caminho certo? Será que agimos como Cristo quer que agimos? Será que somos Cristãos?
Enquanto igrejas lucram, apóstolos compram jatinhos, pastores escondem dinheiro, e a briga pela liderança de igrejas se torna algo judicial, pessoas morrem, a realidade é essa, pessoas morrem, de fome, sede, por falta de onde morar, por falta de oportunidade, e só pensamos em nossas bençãos carnais, nossa "prosperidade". Nem se quer oramos de coração pelos que sofrem. O que o pregador de eclesiastes pensaria se vivesse hoje em dia? O que nós acharíamos dele quando ele fala que é melhor estar na casa do luto?
Por muitas vezes tenho sentido vergonha de ser cristão, não pelo fato dos picaretas gospels que surgem aos montes, mas por envergonhar o nome de Cristo, vivendo uma cristianismo medíocre, que não ama, e poxa, seríamos conhecidos por amar uns aos outros? É por isso que falam que somos crentes?? É essa a nossa diferença??
O que me leva a escrever aqui tais coisas é porque essa é a minha realidade (e acredito que a de muitos). Quem sabe um grito no meio desse universo que é a internet não seja fácil de ser ouvido, quem sabe se tivesse com brincadeirinhas todos me ouvissem, mas hj não, não tenho alegria pra isso, choro na minha condição de cristão que não vive plenamente Cristo, choro pq me eu fala alto e luto contra ele a cada dia. 
Choro pelos irmãos pelos quais esqueço até de orar, de chorar, de amar, de ajudar.
Imagino Cristo me falando, tive fome e o que vc fez? Não sei o que responder.
Não sei nem se faz sentido o que escrevo. Só sei que minha alma clama pra ser mais parecido com Cristo, na dificuldade, nos trancos, nos choros, eu vou chegar lá, vou ser conhecido por amar meu irmão, vou lutar e em Cristo vou vencer.


Na paz,

2.1.11

Ao Deus que reina

Ao Senhor que reina desde o início onde nada tinha, e Ele reinava sobre as águas. Águas que Ele mostrou seu reino ao mandar e elas pararem, ao andar e ela não o submergir, ao toque do seu servo que a fizeram abrir, e por ser tão fiel ao seu Senhor as águas tiveram papel de honra, ao cobrirem o Filho que remiu toda criação, batizando-o e o revelando a criação.
Ao Senhor que reina na terra que nos deu por lar. Terra na qual nos deu por herança, que mostra Seu reino a fazer brotar o lírio que nem Salomão foi como um deles se quer. Terra que tremeu ao ver a morte da "Vida", e que teve a honra de ser testemunha do evangelho ao ser batida sobre aqueles que não queriam ouvir as Santas Palavras.
Ao Senhor que reina sobre o Sol. Sol que mostra seu Senhorio ao pousar toda a noite a chegada da Lua, sol que obedeceu e se cobria com uma nuvem para não queimar o povo de Deus. Sol que mesmo com toda sua força se esconde duma Luz que fez Paulo cair, uma Luz mais forte que o sol do meio dia.

Ao Senhor daremos nosso louvor, nossa vida, nosso amor, nossa força e o que há de melhor em nós.


Feliz 2011

15.9.10

Deus ou mamon?

Aê amiguinhos,

Sabe quando você acorda e ainda tá meio que dormindo? Aquele estado de torpor? Então, hoje nesse estado liguei a televisão (ou dormir assistindo e acordei com ela já ligada), o importante é que estava passando mais um grande programa "evangélistico" da nossa querida "igreja" Universal do "bispo", "pastor", Edir Macedo. Legal ver eles falando de um homem chamado jesus (foi intencional deixar em minúsculo), era mais ou menos assim: O pai de sant... ops bispo chamava a pessoa que dava um testemundo do tipo só tinha a roupa do corpo, entrei na universal e agora sou dono de uma multinacional. Um rapaz me chamou a atenção disse que era empacotador, e hoje a menor casa que tem possui 07 quartos (não me pergunte pra que tanto quarto).
Fiquei com algumas perguntinhas na cabeça, a primeira, porque ele colocou ser empacotador como uma coisa muito ruim? a segunda porque ele estava naquela igreja? a terceira pra que tanto quarto numa casa? Da forma que ele falou a igreja servir de loteria, ele comprou um bilhete e ganhou o grande prêmio, não fala de devoção, não fala de negação, nada de mudar suas atitudes, muito menos de mudar o mundo, o objetivo dele era apenas a riqueza, e sabe o que mais me entristece? Era isso que  a igreja queria mostrar, apenas vender mais um bilhete milionário, a igreja que na bíblia é chamada de despenseira da graça de Deus vende um "jesus" barato, que se compra com 10% do seu salário, que pra te ver num templo precisa te enriquecer.
Não sei como começou tudo isso, não sei de onde tiraram essas bases, mas todo dia novas pessoas aderem a um "jesus" que enriquece mas não salva, que usa o mesmo nome daquele JESUS (esse todo em maiúsculo) que afirma que não se segue a Deus e a riqueza. O prazer de estar na igreja que o salmista cantava em diversos salmos (o meu preferido o 84 perfeitamente musicado por Jorge Camargo... Eu encontrei teus altares Senhor...), é trocado por dinheiro, o prazer de ser amado pelo soberano Deus, um amor tão grande que eleva-me amarra-me a Ti, como diz a canção, é trocado por uma casa, ou um carro, ou qualquer coisa...

Jesus nos prepara coisas que nem olhos viram, nem ouvidos ouviram... pq nos contentar com bens materiais que os ladrões roubam e as traças roem?? 

Pensa nisso,

Amém

19.8.10

Estádios e Igrejas

Sou fã de futebol, gosto de histórias de superação, do pobre sem perspectiva que ficou rico com o esporte, aquele que juntou grana e deu uma casa pra mãe, aquele que colocou na camisa 100% jardim irene. Enfim, não gosto apenas disso no futebol, gosto também da briga, da disputa, da raça, dos dribles, sou realmente fã do esporte. Mas, não se preocupem não vou fazer uma análise da rodada do campeonato brasileiro nem falar mal do Dunga, quero mesmo é destacar algumas coisas do futebol em relação a igreja.


Sim, isso mesmo, o futebol e a igreja, na minha opinião, tem muita coisa em comum. vamos começar por dentro do campo: 
1) PRA GANHAR TEM QUE TER GRUPO. 
É impossível um time sem unidade chegar longe em um campeonato, se o técnico e o time não se derem bem então... xii... pode fazer igual os Corinthianos e esperar mais 100 anos pela campeonato. Não tem jeito, pra vencer, tem que ficar focado, unido e todos se dedicando por igual. Na igreja é da mesmo forma, pra vencer tem que se abraçar, caminhar junto, passar a diferença... Já viram alguma igreja que os membros não se dão bem com o Pastor? o futuro de uma igreja assim é perder, na própria vida, sem unidade, vamos ser derrotados.
2) CADA UM FAZER SUA FUNÇÃO.
Bem sou São Paulino (mas sou homem eu acho.. ops eu juro) e assistindo a semi final da Libertadores vi Rogério Ceni sair do gol para tentar fazer um gol de cabeça, sabe o que aconteceu, ele fez uma falta besta e o São Paulo perdeu a última chance de gol que teriam. Em resumo, goleiro tem que defender, atacante tem q atacar, podem até fazer a função do outro, mas não é seu lugar. E adivinha onde tem mais gente mal colocada no mundo?? Isso mesmo na igreja... Tá bom to pegando pesado, mas é verdade. Toda igreja parece se resumir a pregar, louvar e orar, o que acontece é que tem ótimos pregadores no louvor, excelentes professores só na oração, evangelizadores dando aula em templos. Saber qual é o seu lugar e se posicionar é fundamental para fazer a igreja ou o time vencer.
3) A TORCIDA
Vou sair um pouco do campo e do time e olhar pra torcida. Uma das coisas mais bonitas do Futebol é a torcida gritando, incentivando, cantando. Quem já assistiu um jogo do Boca Junior no La bobonera sabe do que estou falando. Pra assistir um jogo no estádio vc se desloca, paga um ingresso, não tem conforto, a visão não é tão boa quanto na TV, mas vc tá fazendo parte. Queria ver na igreja metade da alegria e disposição das torcidas de futebol, sério, se você olhar a cara de alguns membros da igreja vai te dá depressão, meu Deus, o desgosto parece q tomou conta da pessoa e ela esta aí só pro OBRIGAÇÃO (em maiúsculos mesmo). Nada de amor, nada de devoção, nada de alegria... E legal é que quando o time perde ou ganha a torcida estará lá na próxima semana, triste, mas vão cantar, gritar... Já os crentes vão ter um pretexto para assistir a Dança dos Famosos e faltar o culto, e é pq servimos há um Deus que NOS faz MAIS QUE VENCEDORES.


Vou indo comemorando a vitória do único time que nunca perde.


Na paz de Cristo,